sábado, 29 de janeiro de 2011

Sobre o tempo amigos e Ypês - Hoje pela manhã

Sacramentos são sinais visíveis de uma realidade invisível. Foram com essas palavras que eu acolhi o grupo de professores que após 45, anos se reencontram para fazer memória dos tempos de escola.
Eles dentro das programações festivas, além da santa missa em ação de graças marcada hoje na Capela São Vicente às 18h, eles quiseram também lembrar os companheiros falecidos, com o belo gesto de plantar árvores, dando a cada uma o nome de um amigo que se foi.
Sacramentos são sinais visíveis de uma realidade invísível... e continuei, portanto plantar árvores é um sacramento, todas as vezes que as árvores forem vistas, haverá imediatamente a memória de alguém que muito se gosto, que partilhou existência com o grupo e que agora habita uma outra realidade, fora história, dentro da eternidade, estão semeados no coração de Deus.
Estavam presentes além dos professores, vereadores, o vice-prefeito e o prefeito, que por sinal, amanhã entra na casa dos quarenta, aniversariante.




Alguém disse entre os presentes, se plantarmos árvores para nos lembrarmos das pessoas que a gente gosta e sente saudade, Guararapes vai virar uma grande, floresta. 
Que assim seja, que assim seja.

muitas Bençãos.

SOLIDARIEDADE É O NOSSO NOME


Nesta sexta feira, enviamos os mantimentos arrecadados pelos nossos paroquianos, que juntamente com outras arrecadações pela cidade serão conduzidos até a região serrano do Rio de Janeiro. Quem colaborou com seu pouco, saiba que o seu pouco já está lá fazendo a diferença na vida daqueles que perderam, quase tudo.

Parabéns a cada paroquiano, sensível e solidário para com a necessidade dos que mais sofrem.

MOVIMENTO TRA NOI DE FLORIPA EM GUARARAPES

MOVIMENTO TRA NOI DE FLORIPA EM GUARARAPES

O Movimento Tra Noi de Florianópolis, esteve presente na cidade de Guararapes, em visita ao Orientador Espiritual Padre Paulinho. Fomos recebidas com muito carinho pelo casal da comunidade, Sr. João e Sra. Elza, os quais nos levaram para conhecermos um pouco da cidade. A chegada foi dia 14 do corrente mês, à tardinha, e retorno para Presidente Prudente, dia 15 à noite. Nos reunimos com o Padre Paulinho no sábado à tarde, para uma conversa informal, colocando-o a par dos trabalhos realizados no Oratório Festivo São Luiz Orione. Após, fomos até a residência da Senhora Elza Colodete, saborearmos um gostoso café colonial, oferecido pela mesma. Foi um momento muito agradável, descontraído e com um toque de muito carinho. Agradecemos a todos que nos recepcionaram com tamanha dedicação e fraternidade. Bjos! Agora confiram as fotos.

sábado, 22 de janeiro de 2011

Missa em Ação de Graça pelos 02 anos de trabalho Pastoral do Cl. Alexandre


Amanhã, domingo dia 23 de Janeiro, as 19h na Paróquia São Pedro Apóstolo, acontecerá a missa em ação de graças pelos dois anos de trabalho pastoral do Clérigo Alexandre, que está de partida para Curitiba onde cursará a Faculdade de Filosofia. Contamos com a presença de todos os paroquianos.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Novos Religiosos para Dom Orione

JOVENS FAZEM SUA PRIMEIRA PROFISSÃO RELIGIOSA

Aconteceu em São José dos Pinhais-PR (Brasil) no dia 12 de janeiro a Primeira Profissão Religiosa dos noviços: Angelito de Araújo Albuquerque, Cícero Tiago Sousa, Leonardo Tadeu Piantavinha e Paulo de Lima Zambini. Eles emitiram os votos de Pobreza Evangélica, Castidade Consagrada e Obediência Religiosa e são os mais novos religiosos da Pequena Obra da Divina Providência.
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

São Luís Orione: Rogai por nós!

Alegria! Alegria! Alegria no Senhor!

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

PAPA APROVA SETE BEATIFICAÇÕES, ALÉM DE WOJTYLA


Brasileira tem virtudes heróicas reconhecida
CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 14 de janeiro de 2011 (ZENIT.org) - Bento XVI aprovou nesta sexta-feira, junto com o milagre atribuído a seu predecessor, João Paulo II, outros decretos de reconhecimento de milagre, martírio e virtudes heróicas.
Entre os decretos, está o de uma brasileira, Francisca de Paula de Jesus, leiga, chamada de "Nhá Chica", nascida em São João del Rei em 1810 e falecida em Baependi em 1895.
De origem humilde, Nhá Chica era analfabeta. Tinha grande devoção por Nossa Senhora da Conceição. Em sua honra construiu, ao lado de sua casa em Baipendi, uma igrejinha, onde venerava uma pequena imagem da santa e rezava piedosamente para todos aqueles que a ela se recomendavam.
Sua fama de santidade foi se espalhando de tal modo que pessoas de muito longe começaram a frequentar a cidade para conhecê-la, conversa com ela, falar-lhe de suas dores e necessidades e, sobretudo, para pedir-lhe orações.
Após sua morte, a igrejinha de Nhá Chica foi confiada à Congregação das Irmãs Franciscanas do Senhor. Ao lado dela se instalou uma obra de assistência social para menores, que hoje acolhe mais de 160 crianças, entre meninas e meninos.
Outros decretos aprovados pelo Papa
Milagres:
- Servo de Deus João Paulo II (Karol Wojtyla), polonês, nascido em Wadowice (1920) e falecido em (2005), Sumo Pontífice.
- Serva de Deus Antonia Maria Verna, italiana, nascida (1773) e falecida (1838) em Rivarolo Canavese, fundadora do Instituto das Irmãs da Caridade da Imaculada Conceição de Ivrea.
- Servo de Deus Giuseppe Toniolo, italiano, nascido em Treviso (1845) e falecido em Pisa (1918), leigo e pai de família.
Martírio:
- Servas de Deus Maria Giulia (Kata Ivanišević), Maria Bernadetta (Teresia Banja), Maria Krizina (Giuseppa Bojanc), Maria Antonia (Giuseppa Fabjan) e Maria Berchmana (Carolina Anna Leidenix), bósnias, assassinadas por ódio à fé na Bosnia-Herzegovina entre 15 e 23 de dezembro de 1941, irmãs professas do Instituto das Filhas da Divina Caridade.
Virtudes heróicas:
- Servo de Deus Antonio Franco, italiano, nascido em Nápoles (1585) e falecido em Santa Lucia del Mela (1626), prelado ordinário de Santa Lucia del Mela.
- Servo de Deus Francesco Maria della Croce (Johann Baptist Jordan), alemão, nascido em Gurtweil (1848) e falecido em Tafers (Suíça, 1918), sacerdote, fundador da Sociedade do Divino Salvador e da Congregação das Irmãs do Divino Salvador.
- Servo de Deus Nelson Baker, norte-americano, nascido em Buffalo (1842) e falecido em Limestone Hill (1936), sacerdote diocesano.
- Servo de Deus Faustino Pérez-Manglano Magro, espanhol, nascido (1946) e falecido (1963) em Valência, aluno e postulante dos padres Marianistas.

É PRECISO APOIAR A MATERNIDADE, DIZ PAPA

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 14 de janeiro de 2011 (ZENIT.org) - Bento XVI destacou a necessidade de apoiar a maternidade de uma maneira concreta, assim como as políticas que tenham como objetivo a consolidação e o desenvolvimento das famílias e estejam acompanhadas de uma adequada obra educativa.

O pontífice falou nesta sexta-feira, ao receber em audiência os administradores da Região do Lácio, da prefeitura e da província de Roma, por ocasião do tradicional intercâmbio de felicitações pelo ano novo.
“É necessário apoiar de modo concreto a maternidade, como também garantir às mulheres que desempenham uma profissão a possibilidade de conciliar família e trabalho – disse –. Muitas vezes, de fato, estas são obrigadas a escolher entre ambos.”
O Papa indicou que “o desenvolvimento de políticas adequadas de ajuda, como também de estruturas destinadas à infância, como as creches, também as geridas pelas famílias, pode ajudar a fazer que o filho não seja visto como um problema, mas como um dom e uma grande alegria”.
Em um sentido mais geral, o pontífice afirmou que a família “deve ser apoiada por políticas orgânicas que não se limitem a propor soluções aos problemas contingentes, mas que tenham como objetivo sua consolidação e desenvolvimento e sejam acompanhadas por uma adequada obra educativa”.
Em seu discurso, o Papa constatou que “às vezes, infelizmente, há graves atos de violência e se amplificam alguns aspectos da crise da família, causados pelas rápidas mudanças sociais e culturais”.
“Também o ato de aprovar formas de união que desnaturalizam a essência e a finalidade da família acaba por penalizar aqueles que, não sem esforço, empenham-se em viver vínculos afetivos estáveis, juridicamente garantidos e publicamente reconhecidos”, disse.
“Nesta perspectiva – concluiu –, a Igreja olha com favor todas as iniciativas que buscam educar os jovens a viver o amor na lógica do dom de si mesmos, com uma visão alta e oblativa da sexualidade”.
Para alcançar esta visão, Bento XVI assinalou a necessidade de “uma convergência educativa entre os diversos componentes da sociedade, para que o amor humano não se reduza a um objeto de consumo, mas possa ser percebido e vivido como experiência fundamental que dá sentido e finalidade à existência”.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Irmã dulce Beata!


Definida a data de beatificação de Irmã Dulce

irmadulce

A data para a cerimônia de beatificação de Irmã Dulce já foi definida. Será no dia 22 de maio de 2011, em missa que será celebrada no Parque de Exposição (Av. Paralela), em Salvador (BA). A informação foi divulgada nesta sexta-feira, 24, pela assessoria de comunicação da arquidiocese de Salvador.
De acordo com a assessoria, o arcebispo de Salvador, cardeal dom Geraldo Majella Agnelo, designou o padre Manoel Filho para coordenar o evento. O horário da missa ainda não foi definido. A comissão organizadora do evento é composta por padres, leigos e representantes das Obras Sociais Irmã Dulce.

A beleza de ser Batizado

 BENTO XVI PEDE REDESCOBERTA DA “BELEZA DE SER BATIZADO”

Pontífice convida ainda a promover a formação e educação cristã das crianças

CIDADE DO VATICANO, domingo, 9 de janeiro de 2011. O Papa pediu aos católicos que promovam uma redescoberta da beleza de ser batizados.
O pontífice falou neste domingo, ao rezar o Angelus com os peregrinos na praça de São Pedro.
O Papa recordou, no dia que a Igreja celebra esta festividade, que o Batismo do Senhor evidencia que Jesus “é realmente o Messias, o Filho do Altíssimo, que, saindo das águas do Jordão, restabelece a regeneração no Espírito e abre, a todos que o querem, a possibilidade de se tornar filhos de Deus”.
“Não por acaso, de fato, cada batizado adquire o caráter de filho a partir do nome cristão, sinal inconfundível de que o Espírito Santo faz nascer ‘de novo’ o homem, a partir do seio da Igreja.”
Segundo Bento XVI, o Batismo “é o início da vida espiritual, que encontra sua plenitude por meio da Igreja”.
O pontífice chamou a atenção para a necessidade dos pais e padrinhos comprometerem-se a promover a formação e educação cristã das crianças.
“É esta uma grande responsabilidade, que deriva de um grande dom”, disse.
Batismo por imersão na Vigília Pascal de 2010
“Gostaria de encorajar todos os fiéis a redescobrir a beleza de ser batizados e pertencer à grande família de Deus e a dar testemunho alegre da própria fé, a fim de que esta gere frutos de bem e de concórdia”, afirmou o Papa.

Fãs do Diário